Cooperativa Avemare lança campanha de Natal para os filhos dos cooperados

Compartilhe:

angel-564351_1280

Sabia que você pode levar alegria para o Natal de todos da Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis da Vila Esperança (Avemare)? Neste ano, a cooperativa lançou o projeto Sacolinha de Natal, para que 100 crianças e jovens – filhos dos cooperados – tenham um Natal mais acolhedor e divertido. Como muitos cooperados não têm condições de presentear seus filhos nessa época, a ideia da campanha é incentivar a solidariedade da rede e, consequentemente, alegrar toda a família Avemare.

Como participar

Para participar, é simples. Ao entrar em contato com a cooperativa e ter acesso à lista com os nomes, você poderá escolher o seu afilhado. Em seguida, o passo é montar a sacolinha de acordo com as instruções da cooperativa, que explicamos logo abaixo. Após a arrecadação das sacolinhas, a diretoria da cooperativa levará os presentes arrecadados às casas das crianças. Os padrinhos também poderão ir.

O que precisa ter nas sacolinhas

Para crianças de 0 a 8 anos: 1 conjunto de roupa, 1 par de calçados e 1 brinquedo para crianças de até 8 anos.
Para crianças de 9 a 15 anos: 1 conjunto de roupa, 1 par de calçados, 1 kit higiene (shampoo, condicionador ou pasta de dente com a escova de dente), toalha de banho ou acessórios (boné, cinto, bolsa ou mochilas). A escolha dos brinquedos para esta idade fica a critério do padrinho.

Quer saber mais?

Converse com os cooperados por telefone. : )
Telefones: (11) 4154-4190 ou (11) 99822-2207

Cooperativa Avemare realiza evento de prestação de contas para a comunidade

Compartilhe:

Na noite do dia 12 de junho, os materiais recicláveis coletados pela Cooperativa de Materiais Recicláveis Avemare tiveram um destaque diferente do que costumam ter diariamente: o palco. Tudo isso porque os cooperados prepararam um desfile de roupas criadas por eles próprios e confeccionadas com materiais recicláveis. O desfile aconteceu durante o evento de Prestação de Contas de 2014 da cooperativa, no Teatro Municipal de Santana de Parnaíba (SP). O encontro teve a presença de moradores e parceiros.

O evento tem o objetivo de informar a sociedade sobre o trabalho que tem sido feito na cooperativa. “Nós contamos que os resultados positivos que tivemos só aconteceram graças à ajuda de todos. Apresentamos também a nossa história e o nosso dia a dia com o objetivo de incentivá-los a espalharem essa informação para outras pessoas também. Ao terem noção da importância da destinação correta do material que descartam, eles impactam não só a vida dos cooperados que sobrevivem da coleta, mas também a contribuição para a redução do impacto negativo no meio ambiente, melhor para todos”, disse Ionara dos Santos, presidente da cooperativa.

Durante a apresentação, Ionara destacou várias vitórias da cooperativa. Em 2014, foram coletadas 4.616.367 toneladas de materiais recicláveis. Outra vitória foi a assinatura de contrato de prestação de serviços para a Prefeitura de Santana de Parnaíba, fato que contribuiu para uma série de melhorias na cooperativa como: ampliação da coleta seletiva, aumento da quantidade de cooperados e mais oportunidades de parcerias.

O desfile

A atração principal da noite foi o desfile dos cooperados com roupas feitas de material reciclável, como plásticos, guarda-chuva, banner, jornais, disquete e  teclados de computador. A ideia era mostrar, mais uma vez, a valorização do material reciclável, apresentando um novo olhar sobre o lixo. Todas as roupas foram confeccionadas pelos próprios cooperados da Avemare, que também encararam a passarela.

Carla Andrade, cooperada, desfilou com um vestido feito de tiras de fita cassete. “O desfile foi um momento muito especial para mim. Cada desfile tem seu próprio brilho. Fiquei nervosa no começo, mas me senti melhor quando estava na passarela. Ali era o meu momento de brilhar”, contou.

Confira, abaixo, alguns números apresentados na Prestação de Contas da cooperativa.

Números da Avemare hoje

  • 450 toneladas de materiais coletados/mês
  • 300 toneladas de materiais comercializados/mês
  • Mais de 1 milhão em equipamentos
  • 86 cooperados
  • Faturamento mensal de R$ 180.000,00
  • Despesas de até R$ 50.000,00 a R$ 60.000,00
  • Renda média de R$ 1.300,00 por cooperado
  • Todos os cooperados são assegurados pelo INSS
  • Café da manhã, almoço e jantar diariamente
  • Férias remuneradas de 15 dias
  • Folga de aniversário e R$ 70 de presente

Profissionalização transforma realidade da Cooperativa Avemare

Compartilhe:
Esteira de triagem da Avemare. Foto: Divulgação.

Com foco na profissionalização dos processos, a Cooperativa de Materiais Recicláveis Avemare está colhendo os frutos da sua dedicação constante em busca da melhoria da sua estrutura e rede de parceiros. Segundo Ionara dos Santos, presidente da cooperativa, a situação melhorou após terem firmado contrato de prestação de serviço para a Prefeitura de Santana de Parnaíba. “Muitos acontecimentos bons se deram após esse período. Aos poucos, estamos conseguindo mais reconhecimento na área e compartilhando nossa experiência com o mundo”, disse.

Para Ionara, o momento da Avemare é de melhorar a estrutura da cooperativa e a segurança dos cooperados (utilização dos EPIs corretos, palestras médicas, brigadistas de incêndios e cursos). Uma das obras previstas para iniciar ainda nesse primeiro semestre é a reforma da parte elétrica do galpão.

“Tudo isso tem sido feito com a participação e envolvimento dos parceiros. Estamos em constante processo de conscientização dos cooperados e obras para adequação do nosso espaço e ampliação dos nossos serviços. Essas ações contribuirão para começarmos a trabalhar com logística reversa”, contou a presidente.

Atualmente a Avemare não está sozinha para colocar suas ideias em prática. A cooperativa conta com uma rede formada por 15 parceiros que colaboram nas transformações, melhorias e projetos.

Atuação na cidade e conscientização

Além da parte estrutural, a Avemare conseguiu aumentar a quantidade dos postos de entrega voluntária (PEVs), retomará o grupo de educação ambiental (com material novo produzido por parceiros). De acordo com Ionara, outra demanda atual é de realização de palestras sobre a experiência deles na área e de visitas de instituições que querem conhecer de perto o trabalho.

A cooperativa também tem compartilhado sua experiência com outros munícipios. “Estamos fazendo mapeamento inicial para sabermos onde faremos as ações de educação ambiental para que possamos retomar as ações com novo material de divulgação. É muito gratificante ver que estamos crescendo, levando o nosso trabalho para outros municípios e fortalecendo a categoria da reciclagem. Quando a cooperativa está indo bem, é um avanço geral para a categoria e um espelho para outras cooperativas”, detalhou Ionara.

Veja alguns números de destaque da cooperativa:

– Já são 86 cooperados;
– 430 toneladas de materiais recicláveis em abril;
– 4 Postos de Entrega Voluntária (em Alphaville e Cotia);
– Instalação de rastreadores nos caminhões para facilitar a identificação de falhas no sistema e ajudar na comunicação com os cidadãos (maior controle dos processos com elaboração de relatórios).

Cooperativa aumenta participação dos moradores na coleta seletiva

Compartilhe:

Entre os dias 17 e 28 de novembro, a cooperativa Avemare realizou a campanha porta a porta de conscientização da coleta seletiva, nos bairros Cidade São Pedro e Cento e Vinte, em Santana de Parnaíba (SP). O objetivo foi reforçar a participação dos moradores na coleta seletiva da cidade.

De acordo com Ionara dos Santos, presidente da Avemare, a ação foi um sucesso. “Já sentimos que houve aumento na coleta seletiva realizada nos dois bairros. Os caminhões estão voltando com mais materiais recicláveis, quase o dobro. Além disso, os coletores estão até mais animados. Depois da campanha, eles estão vendo que a população mudou de atitude”, contou.

A iniciativa faz parte do projeto Dê a Mão para o Futuro, promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. Os objetivos são promover a capacitação e acompanhamento técnico dos catadores, e disponibilizar recursos financeiros para a aquisição de equipamentos para as cooperativas e associações.

As ações acontecem em parceria com a prefeitura local, que disponibiliza e mantém o espaço e a infraestrutura para o funcionamento das cooperativas, além de se comprometer a implantar, ampliar ou melhorar a coleta seletiva no município.

Conheça mais sobre o trabalho da Avemare: www.institutobrookfield.org.br/programas/lixo-da-gente

Cooperados da Avemare durante a ação. Foto: Avemare
Cooperados da Avemare durante a ação. Foto: Avemare
Cooperados da Avemare durante a ação. Foto: Avemare

Avemare realiza evento para celebrar nova fase da cooperativa

Compartilhe:
Presidente da Avemare durante evento. Foto: Prefeitura de Santana de Parnaíba.

Na semana passada, dia 17/09, a Cooperativa Avemare, em Santana de Parnaíba (SP), realizou um evento para celebrar a nova fase da cooperativa, mais madura e preparada para atender a comunidade. Teve desfile de moda sustentável com os cooperados, coquetel, e a assinatura do protocolo de intenções do contrato de prestação de serviços de coleta seletiva com a Prefeitura de Santana de Parnaíba.

“Isso representa mais uma conquista para a cooperativa melhorar ainda mais a estrutura, o atendimento à população e a renda dos cooperados. Faz tempo que estávamos maduros para isso. Só não estávamos sendo remunerados”, afirmou Ionara dos Santos, presidente da cooperativa Avemare.

Quando a prestação de serviços for assinada, a Avemare terá que cumprir com algumas melhorias na sua estrutura. Um dos desafios é o valor da tonelada de material reciclável que está prevista no contrato com a Prefeitura: R$ 219,00 + 10% desse valor que vai para um fundo de reserva especialmente para a manutenção dos maquinários.

“Vamos expandir a coleta para 100% do município; ter fundo reserva estável para suprir necessidades da cooperativa, como quebra de maquinário; rigidez na questão do uniforme de trabalho (principalmente pela segurança dos cooperados); equipamento de proteção individual (os EPIs), entre outros. Um ponto muito importante para esse momento é que devemos focar na comercialização. Quanto menos rejeitos forem para o aterro sanitário, melhor. Estamos em busca, também, de novos mercados de materiais recicláveis, educação ambiental e cursos para qualificação do trabalho dos coletores”, completou Ionara.

O evento teve a presença do prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, e de vários parceiros, como Instituto Brookfield, Práxis Socioambiental, Rede Verde Sustentável, Ecoar, Giral Viveiro de Projetos, secretários municipais da Prefeitura de Santana de Parnaíba, representantes da Fundação Alphaville, entre outros.
Inclusão dos catadores na PNRS

Essa parceria entre Prefeitura e Cooperativa está prevista na Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que estabeleceu um conjunto de obrigações para as prefeituras de todo o Brasil. Um trecho diz que é preciso “desenvolver ações que garantam aos catadores o acesso às políticas públicas, como documentação básica, assistência social, saúde, assistência jurídica, educação, moradia e trabalho”.

Com o objetivo de colaborar com os gestores municipais na implantação da coleta seletiva, e apoiar as prefeituras na negociação com as cooperativas de catadores, a Secretaria-Geral da Presidência da República elaborou a cartilha Coleta Seletiva com a Inclusão dos Catadores de Materiais Recicláveis.

Cooperada da Avemare durante desfile com roupa feita de materiais reaproveitados. Foto: Prefeitura de Santana de Parnaíba

Cooperada da Avemare durante desfile com roupa feita de materiais reaproveitados. Foto: Prefeitura de Santana de Parnaíba