Dicas para fazer compostagem em casa

Compartilhe:

Sabia que é possível fazer compostagem em casa? Conversamos com Osvaldo de Brito, educador ambiental, que faz compostagem há mais de 20 anos. Ele compartilhou o passo a passo do processo que realiza. Quando a compostagem não era um assunto tão conhecido como agora, a prática já fazia parte da sua rotina em casa, transformando os resíduos orgânicos em adubo.

Como nem todo mundo tem onde enterrar resíduo orgânico, a partir das orientações do Osvaldo, ensinamos um jeito prático de fazer compostagem e ajudar a reduzir os descartes em casa.

Osvaldo prepara uma composteira caseira. Foto: Arquivo pessoal

Compostagem em apartamentos com minhocário doméstico

1 – Antes de começar a compostagem, pense em qual recipiente você transformará em sua composteira. Compre caixas próprias de minhocário doméstico ou improvise. Osvaldo afirma que já chegou até a utilizar balde plástico para fazer compostagem.

2 – Com três caixas em mãos, pense na separação dos resíduos que irão para a sua composteira. Separe os resíduos orgânicos dos recicláveis.
Para fazer isso, Osvaldo usa um escorredor sobre a lixeira (um balde de alumínio pequeno). Dentro do balde, a orientação é para depositar o resíduo sujo, que não deve ir para a reciclagem. No escorredor, jogue as sobras de legumes, verduras, guardanapos, alimentos preparados, ossos, etc.
Importante: não use os restos animais ainda crus nesse tipo de compostagem.

Você pode encontrar o minhocário doméstico pela internet. Segundo Osvaldo, há vários fornecedores para isso.

3 – Separe as três caixas empilhadas com tampa (as duas da parte superior furadas no fundo, e a terceira como reservatório do chorume).

4 – Misture a matéria orgânica.
Nesse método de compostagem, a matéria orgânica deve ser misturada da seguinte forma: uma parte molhada com duas ou mais partes secas. Essa mistura tem que ser realizada para que aconteça um equilíbrio de nitrogênio e carbono, permitindo que a matéria se decomponha e não apodreça.

No caso de matéria orgânica com muita água, como cascas de melão e melancia, deve-se aumentar a quantidade de material seco (Osvaldo recomenda o uso de serragem grossa encontrada nas serrarias ou podas de grama).
O próximo passo é colocar o material que você misturou dentro das caixas com minhocas vermelhas da Califórnia (você pode encontrá-las em criadouros e casas de pesca).

5 – Pronto! Entre 30 e 60 dias, seu material orgânico virará húmus e o chorume virará adubo orgânico líquido. “Este é melhor adubo natural para as plantas”, afirma Osvaldo.

O minhocário doméstico deve ser protegido do sol e chuva. Não coloque sobras de animais, frutas cítricas (laranja, limão, abacaxi e outros), alimentos prontos, principalmente com sal e produtos industrializados.

Dicas para iniciantes

“Seja qual for o método escolhido, comece devagar. Use guardanapos, cascas de ovos, cascas de alho, cascas de cebola, o pão que ficou esquecido na gaveta, etc. Junto com essa matéria orgânica seca, adicione cascas de banana, maçã e outras matérias orgânicas molhadas. Não tem como não se encantar ao ver um grande problema se transformando em solução. Afinal, nosso problema com o lixo não termina quando ensacamos e colocamos na rua. Ali, um grande problema está apenas começando”, finaliza Osvaldo.

Leia também:

Voluntariado muda vida de taxista
Prefeitura de São Paulo incentiva compostagem dentro de casa
Especial férias: dicas de Faça você mesmo
Dicas do que deve e do que não deve ser colocado na composteira
Compostagem dentro de casa

Comentários

  1. Enviado em 27/02/2017 as 22:41 horta em apartamento youtube disse:

    Puxa, adorei a informação de fazer mudinhas, sabor muito de plantar e
    também tenho uma pequena quintal em minha casa, agora quero começar a plantar ervas aromaticas em geral…valeu! http://www.shanghainongzhu.com/comment/html/index.php?page=1&id=401668

Deixe seu comentário

(ele não será divulgado)